sexta-feira, 13 de maio de 2011

Petição em forma de poesia - Dimas Terra

O Poeta e Advogado Dimas Terra entrou, a poucos dias, com um arrolamento em uma comarca do interior de Minas Gerais. Ajuizou a ação com todo os documentos (certidões negativas de todas as fazendas públicas)e primeiras declarações onde pedia a adjudicação do bem arrolado tendo em vista ser um único imóvel e um único herdeiro, tendo também um pequeno saldo bancário na conta do falecido, motivo pelo qual pediu a expedição de alvará para levantamento.
O juiz ao invés de determinar fosse o bem adjudicado e que se expedisse alvará para levantamento do depósito, encerrando desta feita o processo, NOMEOU inventariante a falecida, determinando a juntada das certidões das fazendas públicas.

Diante deste despacho inusitado, o Advogado teceu a seguinte poesia pedindo reconsideração do despacho:



COM VISTA.
MM. JUIZ,

Já estou ficando velho
Cansado de aberração
Dos erros que se cometem
Neste feito nesta ação
Sendo que tudo decorre
Da Falta de atenção.

Vê-se da inicial
Com ênfase e precisão
ue a mesma se refere
Claro a declaração
Necessária ao inventário
Para findar a questão.

Ali descreve-se os bens
Também os interessados
Junta-se as certidões
Da União do Estado
Também a do Município
Como ali está provado

Requer na parte final
Faça-se a adjudicação
Pede também se expeça
Uma autorização
A levantar o dinheiro
Que em conta se encontra então.

Todavia, o despacho
Altera o procedimento
Nomeia inventariante
A falecida no evento
Sem declinar o endereço
Que reside no momento.

Não sei onde encontrar
É claro a falecida
Pode às vezes estar no céu
Ou no inferno perdida
Uma vez que eu não sei
Onde ela encontrou guarida.

No purgatório não está
É fácil a conclusão
Eis que ele esta na terra
Onde gera confusão
Conforme se verifica
Deste feito desta ação.

Desta feita a autora
Pede reconsiderar
O despacho impugnado
Como aqui fiz aclarar
Ratificando o erro
Que acabo de mencionar.

Após isto deve o feito
Ter sua seqüência então
Adjudicando-se o bem
Existente na ação
Vez que somente um herdeiro
Comparece na ação.

Também deve o alvará
Vir a ser autorizado
Para que possa a herdeira
Como ali postulado
Levantar o numerário
No banco depositado.

T. em que,
P. deferimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário