terça-feira, 21 de junho de 2011

Estação Módulos Tubulares para Tratamento de Água (EMTTA)

- Trata-se de uma estação para tratamento de água para consumo humano com a qualidade dentro dos padrões estabelecidos pela legislação que classifica os parâmetros de potabilidade quanto a turbidez, cor, ph, e cloro residual na desinfecção.

- Possibilita, também, o tratamento de águas para reuso em Lava-Jatos, Retíficas de Motores e Edificações (águas cinzas e pluviais).

- Equipamento desenvolvido há 20 anos, amplamente utilizado em diversos setores socioeconômicos.

- Estação compacta de modelo convencional que atende aos padrões estabelecidos pela Portaria 518 do Ministério da Saúde, que aponta requisitos da Organização Mundial da Saúde - OMS.

- Requisita espaço de 12 m² para instalação. Equipamento não blindado e não pressurizado. Produtos químicos utilizados facilmente encontrados no mercado.

Nota:
Devem ser observadas as águas que icompatibilizam a EMTTA para o tramento convencional: corpos d`água que recebam despejos irregulares de origem química e\ou orgânica, bolsões estagnados e águas com teores de ferro ou manganês acima de 5mg\litro.

Fonte: José Aloísio (jaloisiorodrigues@gmail.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário