sábado, 2 de julho de 2011

Idosa é obrigada a tirar a fralda durante revista

Uma idosa de 95 anos foi revistada minuciosamente por funcionários da Agência Americana de Segurança nos Transportes (TSA, na sigla em inglês) e foi obrigada a retirar a fralda geriátrica que vestia, em um aeroporto da Flórida, nos Estados Unidos. A senhora, que sofre de leucemia, e sua filha, Jean Weber, iriam embarcar para Michigan. Durante a revista, antes do embarque, uma funcionária da TSA afirmou ter sentido "algo suspeito" na perna da idosa e a levou a uma sala privada. Como a fralda da idosa estava suja, a agente pediu para que a filha limpasse a mãe para que o procedimento pudesse ser feito. Jean conta que começou a chorar ao ver a mãe ser minuciosamente revistada no aeroporto. "Minha mãe está muito doente. Ela havia passado por uma transfusão de sangue, uma semana antes, justamente para aguentar a viagem", contou à CNN. A TSA considera que a funcionária não agiu de forma errada ao pedir para a idosa retirar a fralda. Segundo a agência, "todas as pessoas e itens precisam passar por triagem antes do embarque." "Nós revisamos as circunstâncias do incidente e consideramos que nossa funcionária agiu de maneira profissional e de acordo com os procedimentos padrões", disse a TSA, em nota. Para Jean, não há justificativa para se revistar uma idosa doente em uma cadeira de rodas. "Se este é seu procedimento, o que eu entendo, considero precisa ser mudado", opinou. (Com informações da CNN)

FONTE ESPAÇO VITAL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário