quinta-feira, 22 de março de 2012

TCDF determina que ex-presidente do BRB devolva R$ 4,3 milhões aos cofres públicos



Wellton Máximo
Repórter da Agência Brasil

O ex-Presidente do Banco Regional de Brasília (BRB) Tarcísio Franklin de Moura terá de devolver R$ 4,3 milhões aos cofres públicos, determinou na quarta-feira (21.03) o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). O órgão fez uma tomada de contas especial e encontrou irregularidades na contratação de serviços de publicidade pela instituição durante a gestão dele.
Presidente do banco entre 1999 e 2007, por indicação do então Governador Joaquim Roriz, Moura também foi considerado inabilitado de ocupar função de confiança ou cargo comissionado na Administração Pública do Distrito Federal por cinco anos. Cabe recurso à decisão.
De acordo com o TCDF, Franklin de Moura autorizou patrocínios sem critério. O órgão também constatou que ele realizou peças publicitárias de interesse de uma corretora de seguros e a utilização de recursos do banco para custear peças em favor da Associação Nacional de Bancos (Asbace), entidade que também era presidida por Moura.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário