terça-feira, 17 de abril de 2012

Fabricante da Dolly é condenada a indenizar a Coca


A Ragi Refrigerantes Ltda, fabricante da marca Dolly, foi condenada a pagar indenização de R$ 1 milhão para a Coca-Cola por denegrir a imagem da concorrente, segundo decisão do dia 22 de março de 2012, do Tribunal de Justiça de São Paulo. A informação é do portal Terra. De acordo com o documento enviado pela assessoria do TJ, o relator afirma que a Coca-Cola teve sua reputação e credibilidade abaladas perante os consumidores após a Dolly ter se utilizado veículos de informação para fazer uma "campanha" contra a marca americana. De acordo com o processo, a marca brasileira argumentou que em sua conduta não teve o objetivo de denegrir a imagem da Coca-Cola. Porém, o TJ-SP rejeitou esta argumentação e manteve a condenação. Para o relator do processo, Francisco Loureiro, a ação da Dolly "certamente causou forte abalo na imagem da empresa autora, dada a gravidade das acusações que lhe foram atribuídas". Dentre as formas de ofensas, o programa "100% Brasil", transmitido pela RedeTV! mostrou suposta gravação de um sócio de uma das empresas ligadas a Dolly em conversa com funcionário da Coca-Cola, na qual foram feitas denúncias de irregularidades e crimes. Além disso, um anúncio na publicação americana The Wall Street Journal e uma entrevista dada ao periódico O Pasquim também foram alvo das ações. A representante da Dolly também foi acusada de espalhar outdoors pela cidade de São Paulo com frases que sugeriam a utilização de folha de coca no refrigerante da rival, além de apontar suposto tratamento diferenciado pelas autoridades públicas. As empresas ainda podem recorrer da decisão.
FONTE CONJUR

Nenhum comentário:

Postar um comentário