terça-feira, 17 de abril de 2012

SBT é condenado em primeira instância por plágio


O SBT foi condenado, em primeira instância, a indenizar o dono da All TV e ex-diretor da Globo, A.L., em quase R$ 3 milhões. A.L. está vencendo a ação que moveu contra a emissora, em 2008, acusando a rede de plagiar um projeto por ele apresentado ao dono do SBT em 2005, época em que o canal queria contratá-lo para o posto de diretor de jornalismo. Segundo A.L., seu projeto, entregue a Silvio Santos, foi utilizado em uma nova versão do "Aqui Agora", em 2005. Era uma espécie de telejornal com direito a plateia. Ele diz ter apresentado no processo uma série de e-mails e documentos que comprovam a entrega do projeto ao dono do SBT e laudos periciais que confirmam que se trata do mesmo formato que foi exibido na emissora. No processo por plágio, o empresário pede indenização por danos morais e materiais: o equivalente a 5% do faturamento comercial líquido do jornalismo do SBT durante 24 meses. "Não é só pelo dinheiro. Está na hora de as pessoas pagarem corretamente pelas ideias dos outros. É uma questão de moralização", diz A.L.. Ainda cabe recurso da decisão da Justiça, que saiu na 1ª Vara Cível de Osasco (SP). Procurado, o SBT diz, via assessoria, que vai recorrer.
FONTE FOLHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário