sábado, 12 de maio de 2012

Juristas, ex-ministros e intelectuais integram a Comissão da Verdade


Amanda Cieglinski e Daniella Jinkings*
Repórteres da Agência Brasil

A Presidenta Dilma Rousseff anunciou os sete integrantes da Comissão da Verdade. Os integrantes foram apresentados pelo porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann e seus nomes serão publicados hoje (11.05) no Diário Oficial da União. O grupo vai apurar violações aos direitos humanos ocorridas entre 1946 e 1988, período que inclui a ditadura militar (1964-1988).
Conheça a composição da Comissão da Verdade:
Cláudio Fonteles – Foi Procurador-Geral de República entre 2003 e 2005. Fonteles atuou no movimento político estudantil como secundarista e universitário e foi membro grupo Ação Popular (AP) que comandou a União Nacional dos Estudantes (UNE) na década de 60.
Gilson Dipp – foi Corregedor do Conselho Nacional de Justiça e Ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). É Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desde 2011. Dipp é Jurista e gaúcho de Passo Fundo.
José Carlos Dias – Foi Ministro da Justiça no Governo Fernando Henrique Cardoso. Advogado criminalista, também foi Secretário de Justiça do Estado de São Paulo no Governo Franco Montoro. Atualmente é Conselheiro da Comissão de Justiça e Paz de São Paulo, da qual foi presidente.
José Paulo Cavalcante Filho - Advogado, escritor e consultor. Foi Ministro interino da Justiça e ex-Secretário-Geral do Ministério da Justiça no Governo José Sarney. É Consultor da Unesco e do Banco Mundial. Foi Presidente do Conselho de Administrativo de Defesa Econômica (Cade) entre 1985 e 1986.
Maria Rita Kehl – Psicanalista, cronista e crítica literária. Foi editora do jornal Movimento, um dos mais importantes entre as publicações alternativas que circularam durante o período militar. Trabalhou nos principais veículos de comunicação do país. É autora de seis livros e vencedora do Prêmio Jabuti.
Paulo Sérgio Pinheiro – Diplomata e Professor da Universidade de São Paulo (USP), Pinheiro foi Secretário especial de Direitos Humanos no Governo Fernando Henrique Cardoso. Participou do grupo de trabalho nomeado pelo ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva responsável por preparar o projeto da Comissão da Verdade. É Relator da Infância da Comissão Interamericana de Direitos Humanos.
Rosa Maria Cardoso da Cunha – Advogada criminalista, Professora e escritora. Especializou-se na defesa de crimes políticos, com intensa atuação nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, onde trabalhou, especialmente, junto ao Superior Tribunal Militar e Supremo Tribunal Federal. Atuou como Advogada de diversos presos políticos, entre eles, a Presidenta Dilma Rousseff.
*Colaborou Luana Lourenço

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário